3 Etapa do Brasileiro de Sup Race Ubatuba, Catarinenses foram muito bem

13445452_1757572974458840_2298027811791242556_n

 

A cidade de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo recebeu pela segunda vez  o Super SUP Brasil – Esse ano o Ubatuba Grand Prix valeu como terceira etapa do circuito brasileiro de SUP race e, a competição de nível três estrelas ofereceu R$ 15.000,00 de premiação aos primeiros colocados.

O sábado, primeiro dia de competições, amanheceu com fortes ondas quebrando em frente à área de competição, o que levou a direção técnica da prova a executar seu plano alternativo de percurso para ser usado caso as previsões de ressaca se confirmassem.

Guilherme dos Reis e Lena Guimarães Ribeiro foram os grandes vencedoras da longa distância Profissional. Guilherme e Lena fizeram uma prova excelente, abrindo boa vantagem dos demais competidores, ambos liderando do início ao fim o percurso. Atrás de Guilherme dos Reis, parte do pelotão da Elite do race profissional formado pelos atletas Vinnicius Martins, Luiz Guida Animal, Arthur Santacreu e Mario Cavaco, trocaram posições durante toda a prova e chegaram, respectivamente, em 1º, 2º. 3º, 4º e 5º lugares.

Entre as mulheres Lena reafirmou a excelente fase que atravessa nas provas longas e ditou o ritmo da disputa, administrando bem sua prova e garantindo o primeiro lugar na disputa. Na segunda colocação ficou Aline Adisaka, e, um pouco mais atrás, Aline Abad Mota (atleta de São Sebastião (SP) vem sendo apontada como a revelação entre as atletas profissionais.) na terceira colocação.

Após a conclusão das provas do distance, a expectativa ficou ainda maior por conta das provas de race técnico, que seriam realizadas no domingo, principalmente por conta das ondas que poderiam estar ainda maiores.

DIA 02 – O mar não subiu! Porém se manteve intenso e como esperado, fortes emoções marcaram o último dia de disputas do Ubatuba Grand Prix.

Após as disputas de longa distância realizadas no sábado, vencidas por Guilherme dos Reis e Lena Guimarães Ribeiro, foi a vez dos melhores remadores do Brasil mostrarem muita habilidade e coragem para enfrentar as ondas que continuaram a quebrar fortes na orla do Sapê

Além dos já notórios nomes como: Luiz Guida Animal, Arthur Santacreu e Mario Cavaco. Novos e velhos atores deram trabalho aos medalhões do circuito e se destacaram na prova, em especial, Kainoa Teixeira e Lucas Belchior, Américo Pinheiro e o expoente do SUP Wave Michel Jonas que obtiveram bons resultados na bateria final.

Na grande final, o atual líder do ranking brasileiro, Guilherme dos Reis, conseguiu abrir vantagem no início, mas foi derrubado por uma onda e caiu para a quarta colocação. Enquanto isso, Vinnicius Martins ia se consolidando na liderança.

ugp2016-largada-race-distance

Guilherme, no entanto, fez uma recuperação espetacular conseguindo alcançar Vinnicius na perna final. Os dois pegaram a mesma onda, mas Guilherme conseguiu calcular melhor a corrida e chegar à frente com uma pequena vantagem, conquistando assim o título da prova e da etapa.

Após a corrida maluca das aferições das anotações e cálculos dos resultados ao fim do dia, apesar do frio a grande participação dos atletas na confraternização da premiação mostrou que o circuito brasileiro está mais forte que nunca e a grande maioria aguarda ansiosa pelos próximos desafios.

Parabéns a todos que participaram e aos campeões da terceira etapa do circuito brasileiro de SUP race:

Guilherme dos Reis e Aline Adisaka (Race Profissional 12’6”), Mauricio Thompson (Master 12’6”), Luiz Claudio Graglia Huka (Super Master 12’6”), Itamar Silveira Do Carmo (Race 14’), Eduardo Braz Carrard (Master Race 14’), José Augusto (Super Master 14’), Guilherme Cunha e Madu Lula (Amador 12’6”), Adolfo Jordão e Diana Geyer De Rezende (Master Amador 12’6”), Thiago Leite Frois da Motta (Kids Masculino), Guilherme Thawire (Junior Masculino), Lucas Filgueiras Freitas e Paty Mesquita (Fun Race).

Dois nomes se destacaram na prova e merecem serem lembrados. Kauai Pinheiro que com apenas 15 anos chegou em quinto na prova técnica do profissional e Crisvaldo Lino que desceu uma das maiores bombas do evento ultrapassou todo mundo e com isso ganhou a final loosers também do race técnico.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *